Sonho repetido

Hoje sonhei que estava na casa de meus avós (já falecidos). Atualmente quem mora nesta casa é uma das minhas tias, juntamente com marido e filhas. A casa sofreu mudanças de layout, cores e tudo mais, mas em meu sonho, o cenário ainda era o da casa antiga.

Pois bem, novamente sonhei que estava só dentro da casa e dessa vez, ela estava escura, com as janelas fechadas. Havia pessoas da família na edícula e era como se eu tivesse ido buscar algo que esqueci. Já entrei com receio e apreensiva. Tudo escuro e eu passando pelo corredor que dava acesso aos quartos e sala. Fui rápido não lembro em qual cômodo, e logo voltei pelo mesmo corredor, com a mesma apreensão anterior, só que desta vez, como se fosse um ímã, uma força me puxava como se não quisesse que eu saísse dali. Mais que depressa fiz força para me desprender e lembro exatamente que disseram que a casa era deles.

Engraçado como no próprio sonho eu concluo os fatos ou simplesmente eles remetem a uma conclusão. Na minha mente era um casal que tinha morado ali antes de tudo e estavam "fulos" por ter pessoas tomando o espaço deles. O melhor de tudo é que mais uma vez eu consegui escapar e neste sonho eu saí correndo pra contar o acontecido aos parentes que ali estavam.

Depois desse sonho um tanto conturbado, sonhei mais uma vez (é a segunda vez consecutiva durante a mesma semana) que ao cumprimentar uma pessoa, ao invés de beijar a bochecha, escapa e sai um beijo no canto da boca, o que posteriormente acaba virando um beijo mesmo. A diferença de ambos é que na primeira vez eu desconhecia a pessoa, já na segunda, era alguém que já fez parte do meu convívio.

Vanessa Paiva

Aficcionada por tecnologia e tudo mais que for prático e funcional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário