Limpar é preciso

Os notebooks e especialmente os netbooks são muito práticos e agora um tanto mais acessíveis. Cada vez mais leves e portáteis, eles acompanham o seu dono para tudo quanto é canto. Quantos já não o colocaram sobre uma mesa de cafeteria? Quantos fazem suas refeições perto dessas maquininhas e quase que imperceptívelmente deixam cair migalhas no teclado? Sem falar na mão gordurosa que pegou aquele salgadinho sem guardanapo.

Se o notebook for instrumento de trabalho e utilizá-lo para mostrar algo ao cliente, seria de bom tom que ele estivesse bem apresentável, diga-se de passagem, higienizado. Imagine a cena você ir atender um cliente, abrir o netbook e o cliente avistar uma tela engordurada ou cheia de pueira? Desagradável. Pior ainda é se ele tiver que colocar seus dedos no teclado marcado de digitais anônimas. Se for cliente mulher então, maior a chance dela analisar os mínimos detalhes sobre seus hábitos, digamos, um tanto quanto desleixado.

Pensando nisso e não se restringindo apenas à estética, a limpeza também contribuirá pelo bom funcionamento de seu querido companheiro, o notebook/netbook. 

Mãos à obra?
  • Use um pano macio que não solte fiapos, cotonete (ideal para limpar entre as teclas) ou pincel fino de cerdas macias.
  • Na tela, tenha cuidado e paciência, cabe aqui a regra do devagar e sempre, pois delicadeza é fundamental.
 Atenção: a limpeza deve ser feita com o equipamento desligado.

Não importa a marca, nem quanto você pagou por ele... Como diz o bordão: Sou pobre, mas sou limpinho.



Vanessa Paiva

Aficcionada por tecnologia e tudo mais que for prático e funcional.